InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [Pastoral] - Parte II: A Espiritualidade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rodrigo Capelo
[PNJ] Senescal d'Óbidos
avatar

Mensagens : 511
Localização : Óbidos
Actividade : Grão-Mestre

MensagemAssunto: [Pastoral] - Parte II: A Espiritualidade   Qua 15 Fev 2012, 21:41

Citação :
Parte 2: A Espiritualidade

A fé aristotélica contém também uma parte espiritual, na qual o fiel prova a sua fé para com o ser superior, divino e imaterial acima de tudo. O fiel aristotélico procura as fontes da sua espiritualidade nos textos sagrados que contam e explicam a origem do mundo, a existência do Altíssimo, as bases da vida virtuosa, etc. Estes textos sagrados estão compilados no Livro das Virtudes. Temos assim uma breve descrição do livro:

Livro 1: O Mito Aristotélico

A criação, conta como o Altíssimo criou o mundo com um simples pensamento. Conta e explica os principais elementos físicos da vida. A criação conta também como as criaturas queridas por Jah têm consciência do mundo criado para eles e como e porquê, depois de uma reunião com todas as espécies, o homem foi escolhido como a criatura preferida de Jah.

A pré-história, conta como um homem, Oane, que tinha assistido à reunião, decide criar uma povoação onde todos os homens se podiam entre ajudar e conduzir a vida pretendida pelo Altíssimo. Infelizmente, a história conta-nos que os homens se distanciaram pouco a pouco da mensagem divina dada por Oane e dedicaram-se ao pecado. O Altíssimo, tendo conhecimento desta distância por parte dos homens, decide punir os homens destruindo Oanylone. Os 7 homens mais virtuosos, que tinham pedido o perdão divino, tornaram-se os arcanjos enquanto os 7 homens que se tinham dedicado ao pecado tornaram-se os 7 demónios. Os outros sobreviventes dividiram-se.

O eclipse, é um texto escrito por um certo Sypous que, em sonhos, viu a lua e o sol. Estes textos descrevem-nos a vida depois da morte levada pelos virtuosos, comparando à vida daqueles que sucumbem ao pecado durante a sua vida, estando condenados.

O fim dos tempos, é um texto escrito por um certo Ysupso que, em todos os sonhos, viu o fim dos tempos, durante a qual o Altíssimo teria destruído a humanidade com o raio, o fogo e a terra. No fim, o Altíssimo terá aparecido perante Ysupso e terá dito que esse sonho era hipotético e que esse fim não chegaria se os homens não saborearem tanto os pecados.


Livro 2: A Vida dos Profetas

A Vida de Aristóteles, conta a vida de Aristóteles, que nasceu numa família grega e vem a ser um dos mais eminentes profetas da nossa religião. Muito cedo, o Altíssimo confronta-o à impossibilidade da existência de mais divindades. Aristóteles disse então que só poderia existir um único deus. Com o seu tutor, Épimanos, Aristóteles conseguiu provar que o humano tinha um espírito. Ele foi então para Atenas, para aprender com um dos grandes mestres, Platão. Platão estava feliz por ter um discípulo brilhante, mas os dois filósofos disputaram-se por causa das ideias. Mais tarde, Aristóteles, que já tinha provado a existência do espírito, provou também a natureza sociável do homem e afirmou que um homem sábio devia participar na vida da cidade. As suas conclusões sobre a amizade que foram feitas durante uma refeição com Polyphilos são também notáveis.

A Vida de Christos, conta a vida de Cristo, escolhido pelo Altíssimo como messias, que nasceu pela graça do Altíssimo em Belém, na Judeia, e foi imediatamente perseguido pelo rei Mistral. A família de Cristo fugiu então para o Chipre e só voltaram quando o rei morreu. Mais tarde, Cristo realizou um retiro no deserto onde encontrou a Criatura Sem Nome. Cristo foi superior a ela, e então ela desapareceu. De volta à Judeia, esta estava sob o controlo romano, Cristo começou a pregar e depressa muitos começaram a segui-lo. 12 dos que o seguiam, tanto homens como mulheres, marcaram-se pela sua fé e tornaram-se os 12 apóstolos. Mais tarde, Cristo encarrega Titus de criar uma Igreja sob a mensagem divina trazida por Aristóteles e por Cristo para melhor espalhar a palavra do criador. Cristo era conhecido e respeitado, pois a fé aristotélica ganhava terreno, um centurião chegou mesmo a pedir o baptismo. Um dia, durante uma refeição memorável no qual Cristo celebrava a amizade aristotélica, Daju, um dos seus apóstolos, traiu-o. De seguida, os romanos vieram procurar o profeta, que foi condenado à crucificação por Pedro Ponce, acabando por morrer sob a cruz e indo para o Paraíso. As 21 citações de Cristo, são 21 citações notáveis do profeta. Uma lenda diz que uma abadia francesa tem um documento contendo as 21 citações originais e não censuradas.


Livro 3: Os Arcanjos e os Santos Aristotélicos

O terceiro livro conta a vida de todos os santos aristotélicos de todos os períodos do tempo. Os canonizados são aqueles que se tornaram Santos depois da Renovação da Fé.

Livro 4: Doutrinas, Sacramentos e Orações da Igreja Aristotélica

O quarto livro explica a celebração dos sacramentos como o baptismo ou o matrimónio. Encontramos também as doutrinas que explicam as fontes da fé ou o estatuto de Cristo, por exemplo. Contêm também o credo e o hino das ideias.


Todos estes elementos devem-vos fazer um excelente aristotélico, um aristotélico que vê em primeiro lugar a sua vida virtuosa em sociedade e a sua vida espiritual à volta do elogio do Altíssimo. Possa o Altíssimo iluminar-vos e guiar-vos nos vossos passos.



Reverendo Zabouvski
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Pastoral] - Parte II: A Espiritualidade
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» REGULADORES DE VOLTAGEM E PARTE ELÉTRICA
» Limpeza da parte inferior do carro
» Pulverização parte de baixo do carro....recomendável ?
» Problemas na minha Nova Ecosport - Parte elétrica e acabamento - Modelo 2013/2014
» batendo a parte de cima

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Castelo do Rochedo | Condado de Óbidos :: Cidadela :: Grande Biblioteca de Óbidos :: Ala de Aristóteles-
Ir para: